Soft Skills em tempos de pandemia

Soft Skills em tempos de pandemia

O que são essas habilidades e quais podem lhe apoiar durante o período de isolamento social

Por Luana Müller

Durante nossa jornada em busca do conhecimento, muitas vezes nos aprofundamos na aquisição das chamadas hard skills, que são nossas habilidades técnicas. É possível encontrar uma infinidade de opções de cursos, disponibilizados nas mais diferentes modalidades e, para as mais diversas áreas que apoiam profissionais no aprendizado de novas competências técnicas, e que irão ajudar a deixar seus currículos mais completos.

No entanto, enquanto suas hard skills irão lhe apoiar a conseguir aquela tão desejada vaga, são as chamadas soft skills que irão lhe apoiar em seu desenvolvimento e ascensão dentro da empresa.

Mas afinal, o que são as soft skills?

O nome é soft, mas a aquisição é hard, afinal, são habilidades comportamentais, que não podem ser simplesmente aprendidas. Para adquirir as soft skills solicitadas pelo mercado de trabalho é necessário um esforço diário e constante.

De acordo com pesquisa realizada pela plataforma LinkedIn [1], as soft skills mais demandadas em 2020 são criatividade, persuasão, colaboração, adaptabilidade, e, inteligência emocional. Porém, existem outras que são buscadas em profissionais, tais como flexibilidade, capacidade de ser autodidata, organização, ética, comunicação e liderança.

Durante este período de isolamento e incertezas no qual estamos vivendo devido a pandemia de Covid-19, algumas soft skills se tornam mais essenciais que outras.

Figura 1: Soft skills que podem nos apoiar durante o período de pandemia

Autogestão

Uma das mudanças que a pandemia nos causou foi a quebra, quase que total, da nossa rotina. De repente, tudo que estávamos habituados a fazer deixou de ser possível. As poucas atividades que ainda foram mantidas, foram mantidas em formatos diferentes daqueles aos quais estávamos acostumados. De repente, tudo mudou: os horários de trabalho e a presença no local de trabalho, e até mesmo, nossas atividades tiveram de ser reinventadas para se adaptar a este novo cenário. Mas, principalmente, tivemos que melhorar a nossa capacidade de gerenciar nosso tempo e atividades e, evitar as distrações oferecidas pelo nosso lar. Para muitos, a dificuldade é evitar perder o foco, enquanto para outros, a dificuldade é encerrar o “expediente” ao final do dia.

Colaboração

Para muitos, o cenário de isolamento se tornou mais literal do que o esperado. No contexto pré-pandemia, o ato de ir até a mesa de um colega para trocar ideias ou oferecer ajuda era muito mais natural e incorporado ao dia-a-dia. Hoje, precisamos nos reinventar para manter vivo o “espírito de equipe” e não nos isolarmos completamente em nossas tarefas. Para tal, buscar e oferecer apoio é fundamental.

Flexibilidade e adaptabilidade

Trocamos nossas mesas e cadeiras ergonômicas pelo sofá de casa. Nossas ferramentas de trabalho mudaram. Nosso contato diário passou a ser feito através de vídeo chamadas. O fluxo de e-mails aumentou drasticamente. E nós precisamos, em poucos dias, nos adaptar a este novo cenário, sem a perspectiva de quanto (e se) as coisas voltarão ao que chamávamos de “normal”. Para algumas pessoas, ainda deve-se incluir neste contexto a gestão do lar, que deve ser feita em paralelo com as atividades do trabalho.

Inteligência emocional

A vida, mudou. O contexto de trabalho, mudou. Nossa forma de nos relacionarmos, mudou. E nossos momentos de lazer, que por muitas vezes são nosso escape do stress, também mudaram. Não é difícil ouvir histórias de colegas e amigos que durante o período de pandemia sofreram com crises de ansiedade e depressão. Porém, por mais difícil que seja, precisamos focar em soluções, e não problemas, e em especial, focar no que podemos adquirir de positivo desta experiência. Além de trabalhar nossa inteligência emocional, é o momento de trabalharmos a empatia e entender como tudo isso afeta a empresa e os demais colegas de trabalho. Fale com outros, e pergunte de forma sincera se estão bem. Ofereça e busque apoio. A frase “estamos todos no mesmo barco” nunca fez tanto sentido.

E como “aprender” essas soft skills?

Existem muitas formas que se adquirir uma nova soft skill. Como mencionado anteriormente, é necessário um esforço constante para se obter uma nova habilidade comportamental. No entanto, para todas elas, creio haver uma primeira etapa essencial: autoconhecimento. Conheça seus pontos fortes, peça feedback aos seus colegas próximos e superiores, reflita sobre seus momentos de frustração e como reagiu a eles, avalie os prazos que você cumpriu, observe quando e em quais situações os colegas recorrem a sua ajuda. A busca pelo autoconhecimento é, por vezes, tão difícil quanto o processo de incorporar uma nova soft skill ao seu cotidiano, mas nunca é tarde para começar.

Referências:

[1] LinkedIn. https://business.linkedin.com/talent-solutions/blog/trends-and-research/2020/most-in-demand-hard-and-soft-skills. Último acesso em: 2 de junho de 2020.

Sobre a autora

Luana Müller

Líder Técnica no Laboratório de Inovação em Software da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do SUL (PUCRS) (Cooperação Técnica PUCRS / HP Inc). Possui doutorado(2017) e mestrado (2013) em Ciência da Computação pela PUCRS e bacharelado em Sistemas de Informação pela Escola Superior de Criciúma (Esucri). Atua em pesquisas sobre Interação Humano-Computador e Human-Centered Computing, tendo especial interesse nas áreas de End-User Development, autoexpressão, sistemas de ajuda e ajuda em jogos. Também atua em pesquisas relacionadas ao ensino de programação e reúso de códigos-fonte, aplicando em tais pesquisas uma abordagem baseada na teoria da Engenharia Semiótica. Atualmente é pesquisadora colaboradora dos grupos SERG (Semiotic Engineering Research Group) e DaVInt (Data Visualization and Interaction Lab).

Como citar esse artigo:
Müller, L., 2020. Soft Skills em tempos de pandemia: O que são essas habilidades e quais podem lhe apoiar durante o período de isolamento social. SBC Horizontes. ISSN: 2175-9235. Disponível em: http://horizontes.sbc.org.br/index.php/2020/06/02/soft-skills-em-tempos-de-pandemia/

Compartilhe e curta: